Friday, January 04, 2008

Formas das Filhoses de Forma

No Natal de 2006 andava pela net à procura de receitas de filhoses e deparei-me com umas filhoses lindas que me recordava de ter comido na minha infância, que pareciam umas flores.
Entretanto, como não tinha as formas, copiei e guardei a receitinha para comprar as formas quando fosse a Portugal no Verão de 2007.
As férias de Verão de 2007 não foram propriamente férias e reconheço que nem me lembrei das ditas formas até voltar a ver a mesma receitinha publicada pela Turbolenta.
Como sou persistente e de idéias fixas (e um pouquinho chata...) aproveitei logo para lhe perguntar onde poderia encontrar as ditas formas.
Ela foi muito simpática e respondeu-me, mas eu não tinha quem fosse a Lisboa à procura e a madrinha do meu filho vai ao Porto no próximo mês e pensei em pedir-lhe para as comprar pelo que mais uma vez importunei a Turbolenta a perguntar se sabia onde encontrar as formas no Porto.
Ela deve-me ter achado uma grande chata e só sei que no email seguinte me pedia a morada.
Ontem o marido foi ao apartado e telefonou-me a dizer que tinha uma encomenda de Portugal para mim.
Ao chegar a casa fui logo abrir a caixinha e o que estava lá dentro?
Estas duas lindas formas de filhoses e uma simpática cartinha da Turbolenta a explicar-me tudo direitinho sobre como fazer as referidas filhoses.
Um autêntico mimo que agradeço e que vou pôr mãos à obra para fazer o mais breve possível.
E assim se vê que este mundo é mesmo pequeno e com muitas pessoas muito queridas.

12 comments:

  1. a nossa torbulenta é um espectáculo..agora toca a fazer....bjokas e um bom ano

    ReplyDelete
  2. Que bom que é receber mimos, mas melhor ainda é perceber que ainda há pessoas queridas como a nossa Turbolenta.

    Beijocas

    ReplyDelete
  3. Que delícia receber mimos, as surpresas aquecem nosso coração, e nos traz mais para perto daqueles de quem gostamos!
    Beijinhos,

    ReplyDelete
  4. que oferta maravilhosa, a turbolenta foi muito simpática.
    agora exigimos que a próxima postagem seja a receita e as fotos das filhoses feitas por ti

    ReplyDelete
  5. Que lindos mimos! Eu não conhecia e acho que por estas terras não existem! Menina, quanta coisa dá para fazer com isto... Bjs!

    ReplyDelete
  6. Sortuda... Mas você merece! ;-)

    Beijinhos.

    ReplyDelete
  7. Estou a babar-me toda com tanto miminho. A net tem destas coisas. Espírito de entreajuda mesmo sem as pessoas se conhecerem pessoalmente.
    Agora só espero mesmo que as consigas fazer.
    Bom fim de semana
    Bom Ano Novo

    ReplyDelete
  8. Que gesto mais bonito.
    Parabéns as duas o mundo virtual é mesmo assim ,cria grandes amizades.

    ReplyDelete
  9. Adoro essas filhoses, tenho essas formas, mas não as consigo fazer,faço a massa masdepois não consigo que esta se solte da forma, ou seja frita junto com a forma e não sai.

    Coloca a receita pode ser que com a tua as consiga fazer.

    bjs

    ReplyDelete
  10. Confesso que nunca fiz este género de filhoses... apesar de ter a forma em casa há mais de um ano...eheh

    tenho de me aventurar ;-)

    bjokas

    ReplyDelete
  11. Tenho essas formas,experimentei uma vez,e saiu( )ou antes não(saiu)a massa da forma.Coloca a receita para tentar mais uma vez...beijinhos doces

    ReplyDelete
  12. Sandra! Não acredito! Quando eu tinha oito anos lembro que alguém preparou essas friturinhas no aniversário do meu irmão. Depois de adulta perguntei pra minha mãe do que se tratava, mas ela não lembrava. Cheguei a pensar que era coisa de imaginação de criança! Olha só! Elas existem! rs Mas acho que aqui deve ter outro nome...
    Beijos!!!

    ReplyDelete