Thursday, February 02, 2012

Tarte de Courgette

O marido não é grande apreciador de tartes, mas eu sou insistente e, de vez em quando, lá surge uma tarte para o almoço.
Os miúdos não apreciam, mas acho que com alguma insistência, um dia também vão aprender a gostar.
Esta receita é de uma das muitas revistas de culinárias que tenho lá em casa mas já não sei qual elas.




Tarte de Courgette



Ingredientes para 4 pessoas:
4 courgettes
Sal e pimenta q.b.
250 g de massa folhada
3 ovos
1 dl de leite
3 dl de natas (usei iogurte natural)
1 pitada de noz moscada
1 colher de chá de salsa picada
2 dentes de alho
50 g de queijo em tirinhas
50 g de bacon cortado em pedaços sem courato

Preparação:
Lave as courgettes e corte-as em rodelas finas; tempere-as com sal e coloque-as dentro de um coador durante meia hora.
Estenda a massa folhada e forre com ela uma forma de fundo solto.
Numa tigela, bata os ovos com o leite e as natas e tempere com sal, pimenta e noz-moscada; junte depois a salsa picada, os dentes de alho picados e as tirinhas de queijo e mexa bem.
Dentro da forma forrada, coloque camadas alternadas de rodelas de courgette, pedacinhos de bacon e da mistura de ovos.
Leve ao forno a 220ºC durante 35 minutos.
Sirva a tarte morna.



Informação sobre a courgette:
De polpa rija mas aquosa, a courgette é leve e pouco calórica (cerca de 30 calorias por cada 100 g). Como 90% da sua composição é água é considerada legume excelente para regimes dietéticos. Nesse caso, é preferível cazê-la a vapor ou no próprio liquído e servi-la em saladas. Se for tenra nem é preciso descascá-la.




7 comments:

  1. Hummmmm que maravilha... está de fazer água na boca querida!
    Adoro receitas com courguette!
    Beijinhos

    ReplyDelete
  2. Eu gosto bastante. Mas os homens nem sempre gostam destas ementas.Preferem aquelas comidas mais tradicionais.
    Um destes dias fiz as courgetes raladas grossas,cenoura ralada grossa,cebola aos quadradinhos médios,bacalhau desfiado ,cebolinhos picado, e tempero a gosto.Ovo, farinha e um pouco de água e já está Sairam umas belas pataniscas. Todos gostaram do crocante da cenoura e da courgete.beijos

    ReplyDelete
  3. Obrigada pela resposta.
    Pois dos chineses as cópias nem sempre saem boas. LOgo vi que haviam de ser diferentes dos nossos. LOgo agora que estão a fazer a internacionalização do referido bolo, ao menos que o fizessem bem ,de modo a que mostrassem uma das boas coisas que por cá fazemos. Ainda ontem deu na televisão uma reportagem de uma firma que os fazia para exportação. Resumindo. viam-se a sair das máquinas, congelados, e depois a serem embalados. Mas o aspeto!....ai meu Deus, até me causou nojo.
    E faziam eles 4 milhões por ano. Mas enfim...a qualidade não interessa. Só mesmo o lucro.

    ReplyDelete
  4. Por acaso sou fã e acho-as perfeitas para levar e comer fora de casa :)

    ReplyDelete
  5. Olá, obrigada pela visita e pelo seu comentário.
    já corrigi a receita, por lapso a quantidade de farinha não estava mencionada, mas é 1kg de farinha.

    Gostei muito do seu blogue. Tem sugestões muito apetitosas.
    Beijinho

    ReplyDelete
  6. Não cozeu a massa folhada antes de colocar o recheio?
    Colocou o recheio cru?
    Se deu resultado, por favor diga-me!
    Eu costumo cozer a massa estendida na forma (sobre ela, papel vegetal e algo pesado)...depois costumo saltear o recheio, fazendo eventualmente um molho à base de ovos e natas ou queijo fresco... e por cima polvilhar queijo ralado, pu pão ralado e nozinhas de manteiga.
    Entende o meu interesse... a sua é muito mais prática de fazer!!!
    Parabéns!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Olá, Maria!
      Obrigada. Desculpe a resposta tardia mas passo pouco pelo blog. Esta tarte é simples de fazer e retirei a receita de uma revista. A massa não é cozida e o recheio é cru. Também já fiz como diz, mas dá mais trabalho. A massa folhada não fica tão crocante no fundo mas depende muito da marca da massa. Ah, depois de colocar o recheio convém levar logo ao forno para não ensopar a massa. Espero ter ajudado.

      Delete