Thursday, April 15, 2010

Polvo à Moda das Lages

Os meus filhos reclamam quase sempre quando a refeição é peixe, excepção se forem filetes panados...
Como para eles polvo não é peixe, de vez em quando preparo polvo e eles lá vão comendo sem reclamar, embora a filha não seja grande apreciadora, mas ultimamente ela não é apreciadora de nada excepto sopa triturada.
Vi esta receita no blog da Elvira e ela retirou do livro Cozinha Açoriana, da autoria da terceirense Zita Lima (Ed. Everest), que tem receitas tradicionais de várias ilhas do arquipélago dos Açores, entre as quais esta de polvo à moda das Lages, da ilha do Pico.

Polvo à Moda das Lages
Ingredientes para 4-6 pessoas:
3 kg de polvo
3 cebolas cortadas em rodelas finas
4 dentes de alho cortados em fatias finas
2 colheres de sopa de banha
1 folha de louro partida em pedaços
1 colher de sopa de massa de malagueta ou 1 malagueta fresca cortada em rodelas (sem as sementes) - usei massa de malagueta que fiz seguindo a receita da Manuela
1 l de vinho de cheiro (ou de vinho tinto -usei vinho tinto)
2 colheres de sopa de polpa de tomate
1 ramo de salsa atado + salsa picada q.b.
Sal

Preparação:
Corte o polvo em pedaços pequenos, lave-o e deixe escorrer num passador até perder toda a água.
Coloque a banha num tacho grande e faça camadas de cebola, alho, louro, massa de malagueta e polvo.
Junte a polpa de tomate e regue com algum vinho - que não deve cobrir completamente o polvo.
Coza em lume médio-brando, sacudindo o tacho de vez em quando.
Se for necessário, adicione pequenas quantidades de vinho durante a cozedura até o polvo se apresentar bem cozido e muito macio (o tempo de cozedura varia conforme o tamanho ou a idade do polvo; pique com um garfo e prove para verificar se o polvo está tenro).
Quase no final da cozedura, junte o ramo de salsa atado e tape. Retire o ramo de salsa antes de servir. Rectifique os temperos.
Polvilhe com salsa picada e sirva.
Acompanhe com arroz branco ou fatias de pão de milho.

Nota importante da Elvira : para que o polvo fique bem macio, é melhor adquiri-lo congelado e deixá-lo descongelar no frigorífico de um dia para outro.
Se for comprado fresco, tem de ser "malhado". Ou seja, muito bem "espancado" com o auxílio de um rolo da massa antes de ser cozinhado. Eu costumo comprar fresco e congelar.
Outra recomendação não menos importante: só se deve colocar sal no final da cozedura.


13 comments:

  1. Polvo é uns dos pratos preferidos do marido,o unico que não aprecia é o diogo,tem de haver sempre alguem a contrariar,eu nunca deito sal na cozedura do polvo,eu costumo coze lo com um pouco de wisky,fica optimo,bjs

    ReplyDelete
  2. Já marchava!!
    Polvo é um dos meus favoritos.
    Acho que até para sobremesa!
    Bjs

    ReplyDelete
  3. Adorei esta receita de polvo, é fantástica mesmo e aposto que deliciosa também!
    Beijinhos

    ReplyDelete
  4. eu bem que comia esse polvinho sem protestar nadin ha
    que delicia que ficou
    beijinhos

    ReplyDelete
  5. Com tanto polvo que anda cá por casa, esta vai ser mais uma receita que vou experimentar.

    Ficou mesmo apetitosa.

    bjs

    ReplyDelete
  6. Pois eu adoro e tenho pena que seja dificil encontrar polvo aqui na Inglaterra.
    Excelente receita x

    ReplyDelete
  7. Polvo é uma das minhas comidinhas preferidas.
    Ficou mesmo apetitoso o teu polvo.
    Bjs

    ReplyDelete
  8. adoro polvo...e o teu está a rir-se para mim.....
    um beijito

    ReplyDelete
  9. Olá, meu nome é Sonia, estou iniciando um blog de receitas, já que adoro cozinhar e gostaria de compartilhá-las com você.

    Quando puder me faça uma visitinha!

    http://minhacozinhamagica.blogspot.com

    Beijos!

    ReplyDelete
  10. Nunca comi polvo a lagareiro, mas o teu abriu-me o apetite.

    Beijinhos

    ReplyDelete
  11. que delicia de polvo

    ReplyDelete
  12. Eu nunca fiz polvo, mas preciso comprar e experimentar.


    Bjs

    ReplyDelete
  13. que aspecto arradador!!!! :) beijos

    ReplyDelete